Imprimir

Projeto social em escola da Vila Balan recebe Selo do Instituto Faça Parte

 Palestra de conscientização para crianças no bairro Vila BalanIntitulado como "Fazendo o bem, não importa a quem" a ideia foi criada a partir de uma parceria entre a escola e a Igreja do Evangelho Quadrangular de Capivari.

Esporte, dança, teatro e palestras com o intuito de criar um espaço de lazer a comunidade. Esse é o objetivo do projeto "Fazendo o bem, não importa a quem", desenvolvido na Escola Professora Maria Rosa Lembo Duarte, do Bairro Vila Balan, promovido pela Igreja do Evangelho Quadrangular, juntamente com a diretoria da escola, que conquistou o Selo Escola Solidária 2011.

A ideia surgiu a partir de muita análise e parcerias. Durante o ano de 2010, a Diretora da escola, Simone Prado Sampaio, observou o comportamento das crianças dentro e fora das salas de aula, a falta de responsabilidade e compromisso com as tarefas escolares, a família distante da escola e os alunos que ficavam nas ruas durante os finais de semana, sem ter local para brincar. O que causou maior preocupação da pedagoga era que muitas dessas crianças estavam se envolvendo em práticas ilícitas.

Foi então que passou a pesquisar o que poderia ser feito para melhorar a indisciplina escolar, trazer a família para a escola e ajudar os alunos e a comunidade em geral. "Numa destas buscas por parcerias, em uma Reunião de pais e mestres, encontrei o Sr. Ferreira, pai de uma aluna da escola e missionário da Igreja do Evangelho Quadrangular de Capivari, que me ajudou, colocando-me em contato com a Pastora da Igreja, a Sra. Maria Rita Amadeu que também estava interessada em desenvolver um Projeto Social", contou Simone.

Uma reunião foi marcada, onde estiveram presentes: a Diretora da escola, os pastores, os missionários, voluntários e o vereador Mateus Scarso. O intuito era desenvolver um Projeto Social que atendesse a necessidade de se criar um espaço de lazer com atividades recreativas e instrutivas (valores, disciplina, regras etc) em horário não acadêmico, em que tanto os alunos quanto a comunidade em geral pudessem frequentar.

Para o Pastor e Superintendente da Igreja do Evangelho Quadrangular de Capivari, Aparecido Amadeu, o projeto que também é chamado de "Ação Quadrangular" é uma forma de passar o Evangelho a essas crianças, demonstrar o amor e incentivar a criação de um futuro diferente. "Daqui a algum tempo eu sei que elas ainda vão lembrar-se dessas atividades que participaram", disse o Pastor. 

O projeto

De formação pessoal social, esporte e lazer, o projeto "Fazendo o bem, não importa a quem!" foi realizado aos sábados, envolveu cerca de 200 alunos da escola, além de familiares e voluntários da comunidade.

Em 2011, as atividades desenvolvidas foram: Palestras de orientação aos pais, Aulas de Capoeira (Profº Ronaldo), Karatê (Profº Leonardo), Dança (Profª Sabrina e Profª Mayara) e Teatro (Profª. Jéssica). A Coordenação do projeto e dos cursos foi feita pela Diretora Simone, pela Pastora Maria Rita e pelo missionário Ferreira. Os alunos puderam se inscrever em até dois cursos e as inscrições foram feitas na própria escola pelos pais no período das aulas (a escola enviou bilhetes de aviso e divulgou para comunidade).

O Projeto teve início no dia 05 de março de 2011 e foi encerrado no dia 07 de dezembro deste ano, com uma apresentação na Festa de Encerramento do ano letivo na escola.

Melhorias

O projeto envolveu as famílias nas atividades escolares e consequentemente refletiu em uma melhoria na aprendizagem dos alunos. Segundo a diretora, houve uma significativa melhora na disciplina dos alunos, no convívio com os colegas dentro e fora da escola, na aproximação da família na escola e mais compromisso e responsabilidade nas atividades escolares.

"O resultado deste Projeto, a parceria com os amigos da Igreja me fez ter a certeza que o futuro dependerá daquilo que fazemos no presente. E que embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, todos podem começar agora e fazer um novo fim" finalizou Simone.

O selo

O "Selo Escola Solidária" é promovido a cada dois anos pelo Instituto Faça Parte em parceira com o MEC (Ministério da Educação), Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), Unicef (Fundo das Nações Unidas para a infância e demais parceiros). O "Selo Escola Solidária", tem o objetivo de identificar, reconhecer e fortalecer as escolas brasileiras como unidades de cidadania em suas próprias comunidades. No ano de 2011, as escolas municipais que desenvolvem projetos com as suas comunidades se inscreveram para participarem do projeto. A Escola Professora Maria Rosa Lembo Duarte, como foi uma das selecionadas pelo Projeto, já faz parte da rede de escolas solidárias, que abrange mais de 20 mil instituições de todos os Estados brasileiros, entre escolas municipais, estaduais e particulares.

O Instituto Faça Parte, com sede na cidade de São Paulo, é uma organização da sociedade civil com a missão de promover a cultura do voluntariado, estimulando a participação de jovens como parte da construção de uma sociedade mais justa. Para tal, produz conteúdos que visam à melhoria da qualidade da educação e trabalha pelo fortalecimento da cultura do voluntariado para a comunidade escolar e a sociedade em geral.

Para o Prefeito Luis Campaci, o Selo do Instituto Faça Parte revela o comprometimento da educação municipal com a cidadania e com a inclusão da comunidade. "Esse importante reconhecimento à educação municipal de Capivari demonstra a educação no município está se desenvolvendo na direção correta, com a preocupação na formação sólida do cidadão enquanto agente transformador da sociedade da qual faz parte", afirmou.

Fonte: JCR - Jornal da Cidade Regional, 14 de janeiro de 2012.

 

 

EMPRESAS COM
RESPONSABILIDADE SOCIAL
linha_sep_sfdum-dumemecarrara